GAUFF Stiftung

Ampliação da escola agrícola "Holy Dove" no Uganda

Em cooperação com a associação Rwenzori e.V., que desde 2009 implementa projetos sustentados para o desenvolvimento agrícola na região dos montes Ruwenzori no Uganda, a Fundação GAUFF está a ampliar a escola agrícola "Holy Dove" e a contribuir assim para o aumento da sua oferta formativa. A escola foi inaugurada em 2016 e, hoje em dia, proporciona a formação de aproximadamente 300 jovens.

Cerca de 80% dos ugandeses dedicam-se à agricultura, mas as técnicas de exploração são ainda bastante tradicionais, caracterizando-se, principalmente, por ser uma agricultura de subsistência. Na escola agrícola, numa área com cerca de quatro hectares, irão ser facultados aos alunos conhecimentos teóricos e práticos sobre uma agricultura moderna. Os temas centrais serão o melhoramento dos métodos de cultivo, a criação de gado e os métodos de irrigação mais eficientes para campos agrícolas. Os alimentos produzidos destinam-se ao abastecimento da própria escola, bem como da escola secundária "Holy-Dove", também fundada pela associação Rwenzori e.V. Isto permitirá suprir cerca de dois terços das necessidades do dia a dia. Uma parte da colheita também será vendida nos mercados locais e nos hotéis das proximidades.

É com todo o gosto que a Fundação GAUFF se envolve neste projeto exemplar e sustentável, contribuindo com 30 000 euros para a ampliação da escola. O donativo pode ser aplicado na aquisição de mais terrenos agrícolas, onde se poderá construir um pequeno viveiro para a piscicultura. Assim a escola recebe mais uma especialidade e, consequentemente, os alunos terão ao seu dispor uma oferta formativa mais alargada. Isto não só irá contribuir para garantir o abastecimento de bens alimentares a longo prazo, como também servirá para fortalecer a economia do Uganda.